Músicas tradicionais coreanas: conheça os “avós” do kpop

musica tradicional coreana pansori

A música sul coreana tem evoluído – em seu próprio estilo – no decorrer das décadas desde o fim da Guerra das Coreias (1953) e, é claro, tem suas raízes na música do povo coreano, que habitou a Península Coreana e seus arredores por milênios. A música da Coreia do Sul atualmente pode ser dividida em três grandes categorias: músicas tradicionais coreanas (folclóricas), música popular (Kpop) e música com influência ocidental não-popular.

A música tradicional coreana é conhecida por cantar sobre a alegria e tristeza do povo coreano em músicas folclóricas, chamadas de “Gukak”, que passaram de geração em geração desde a antiguidade. 

Apesar do estilo Gukak ter influências de instrumentos e pela música chinesa, as músicas tradicionais coreanas possuem uma melodia única, característica e bem desenvolvida, tendo absorvido as preferências musicais coreanas por mais de mil anos. 

Dentro das músicas tradicionais coreanas, existe as “músicas dos agricultores”, que expressa a vida desses trabalhadores rurais por meio de ritmos alegres, o estilo “Pansori” (Ópera Solo Coreana), o “Talchum” (dança com máscaras), sendo esse último estilo rico em paródias e humor, as músicas da corte e, por fim, a música “normal”, chamada de “Jeongak”.

Mas o que a música tradicional coreana tem a ver com Kpop?

Ao longo de sua história, o povo coreano foi amplamente reconhecido e marcado pelo seu apreço à música e à dança. Há registros históricos da China Antiga relatando o quanto as “pessoas do Leste” (os coreanos) “amavam beber, cantar e dançar”, sendo essa até a definição da essência povo coreano na época. Isso te lembra de alguma coisa?

O povo coreano é considerado até hoje um povo gentil, amigável e, especialmente, que adoram cantar! A presença de vários dos chamados Noraebang (노래방) – Karaokês coreanos – por toda Coreia do Sul deixa claro que o canto e a música estão inseridos na identidade cultural coreana até os dias de hoje.

Exemplos famosos de músicas tradicionais coreanas

É claro que a música tradicional coreana de milênios atrás não é a mesma música tradicional que conhecemos hoje, mas vários dos seus instrumentos e características foram conservadas e passadas adiante.

Um exemplo muitíssimo famoso e querido pelos coreanos de música folclórica é a canção “Arirang”. Essa canção é tão querida ao povo coreano que ela é considerada um “hino não oficial da nação coreana” por representar, de forma romantizada, aspetos da cultura tradicional.

A música tem pelo menos 600 anos e mais de 3.600 variações diferentes! 

Acredita-se que Arirang foi originada em Jeongseon, na Província de Gangwon. De acordo com uma lenda, o nome da canção deriva da história de um homem e uma donzela que se apaixonaram enquanto colhiam Camellias perto de um cais em Auraji (아우라지).

Lembra que dissemos que o Pansori também era um gênero famoso de música tradicional coreana? Aqui temos um exemplo que retrata muito bem a música e o estilo de vida do antigo povo coreano.

Bônus: Idol – BTS

Vocês já ouviram a música “Idol” do BTS? Nesta canção, a banda insere vários elementos característicos da cultura tradicional coreano, incluindo o padrão de ritmo tradicional coreano e referências ao estilo Pansori. No trecho do refrão ao qual eles balbuciam um batuque, eles estão reproduzindo o padrão de ritmo característico das músicas clássicas coreanas e quando usam a palavra “Ulssu”, estão fazendo uma referência ao estilo tradicional Pansori.

E aí, o que acharam da música tradicional coreana? Conseguem notar a influência da música na cultura coreana? Deixem nos comentários, vamos adorar conversar com você. 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.