TOP 10 pontos turísticos da Coreia do Sul que você precisa conhecer!

Templo de Bulguksa

Pensando em viajar para conhecer a Coreia do Sul? A Hallyu separou 10 pontos turísticos da Coreia do Sul que não podem ficar de fora do seu passeio quando visitar o país oriental. 

Monumentos históricos, templos, atrações tecnológicas e outras tantas opções para se aventurar e turistar por entre as maravilhas sul-coreanas, venha conosco conferir essa super lista!

1- Templos de Gyeongju

Templo de Gyeongju
Crédito: Uma Malla pelo Havaí

A pequena cidade localizada na costa sudeste do país, na província de Gyeongsang do norte, é o lugar favorito dos que se amarram em um passeio cultural e histórico, já que para muitos, os tesouros da civilização coreana estão por ali. 

Durante os anos de 57 a.C a 935 d.C a cidade foi moradia real durante a dinastia Silla, se tornando a quarta maior cidade do mundo – perdendo mais tarde sua notoriedade e importância com a queda do governo Silla e a ascensão do reino de Joseon, tornando-se alvo de ataques de povos inimigos como Japão e Mongólia . 

E quem disse que o Brasil ficaria de fora nessa lista? Acreditem se quiser, mas em Gyeongju você conseguirá encontrar os famosos Pagodes! Porém, infelizmente não se trata do estilo musical que estamos habituados aqui. Para os Coreanos, “Pagode” é o nome utilizado para se referirem aos antigos monumentos característicos de países asiáticos, como a China, o Japão, as Coreias, o Nepal e em outras partes do continente. 

Além de templos religiosos, a cidade conta com muitos locais onde a arquitetura antiga ainda se faz presente.

2- N Seoul Tower

N Seoul Tower
Crédito: Viator

Inaugurada em 1975, aberta ao público no início da década de 1980 e situada no ponto mais alto de toda a capital sul-coreana, a também conhecida pelo nome de Namsan Tower é uma torre de comunicação e observatório localizada na região central de Seul. 

Conhecida por ser um dos principais pontos turísticos da Coreia do Sul, turistas do mundo inteiro são atraídos para a torre devido ao passeio de teleférico, aos mirantes e ao famoso restaurante giratório localizado na torre.

3- Aldeia Hanok de Bukchon

Visitando a Bukchon Hanok Village em Seul – Monny Viajando
Crédito: Monny Viajando

Local onde nobres e dirigentes viveram durante a Dinastia Joseon (1392-1910), na antiguidade, Bukchon é uma aldeia que realmente fez parte da história do país, tanto que alguns descendentes da aristocracia coreana até hoje habitam o local. 

Situada entre dois magníficos palácios da região, Gyeongbokgung e Changdeokgung, a vila comporta por volta de 900 Hanok – casas típicas da Coreia do Sul, construídas, muitas vezes utilizando papel de arroz, pedras e madeira.

No roteiro você pode passear entre oficinas de artesanato, museus como, o Museu de Arte Asiática de Bukchon (Bukchon Asian Art Museum) e o Museu de Arte Coreana (Museum of Korean Art), além de acesso ao palácio de Gyeongbokgung, que serviu de moradia à família real durante a dinastia Joseon – o monumento tão grande que um tour completo leva em torno de oito horas! 

4- Myeongdong

Myeongdong
Crédito: Ivisit Korea

Famoso bairro comercial localizado no centro de Seoul, Myeongdong é um pedacinho do mundo inteiro no coração da capital sul-coreana. Local mais voltado para a cultura ocidental, com lojas e restaurantes internacionais, o bairro torna-se um acesso mais facilitado aos turistas que não possuem muita familiaridade com o idioma local, já que em muitos que trabalham em Myeongdong também falam inglês ou Mandarim. 

Lá você poderá encontrar as famosas lojinhas da rua Myeongdong, shopping centers, como o U-Too Zone e o Migliore. O bairro pode ser acessado pela linha 4 no sistema de metrô da capital e as lojas ficam abertas de manhã até tarde da noite.

5- Nami Island

Nami Island
Crédito: Freepik

Também chamada de “Namiseom: a famosa Ilha em formato de meia lua”, o ponto turístico atrai milhares de viajantes que curtem um ambiente natural, em harmonia com a natureza, pois o local possui enormes caminhos por entre as árvores da ilha.

Entre os passeios mais famosos do local estão: Metasequoia Lane, Ginkgo Tree Lane, Korean Pine Tree Lane, and Reed Woods Lane, além do Museu do Som. Dentro da ilha há, também, um espaço da UNICEF que tem centros interativos para as crianças como playground e livrarias.

6- Dongdaemun Design Plaza

Dongdaemun Design Plaza
Crédito: ArchDaily Brasil

Escolhido pelo The New York Times como um dos “Top 52 lugares para visitar em 2015”, o Dongdaemun Design Plaza (DDP) é um enorme ambiente dedicado para shows, apresentações, conferências, exibições e outros eventos relacionados. 

Localizado no centro da área do distrito de Dongdaemun, o DDP possui ao todo 5 ambientes: Art Hall, Museum, Design Lab, Design Market, e o Parque de história e cultura de Dongdaemun – ambiente que já foi local dedicado ao campo de treinamento militar durante a dinastia Joseon, e se liga ao rooftop do Dongdaemun Design Plaza transformando o ambiente em uma verdadeira obra de arte.

Se você gosta de passeios culturais, este é um dos pontos turísticos da Coreia do Sul que não pode ficar de fora da sua lista!

7- Lotte World Tower

 Lotte World Tower
Crédito: VisitKorea

Simplesmente o edifício mais alto de toda a península coreana! Situado na capital Seul e inaugurado no dia 2 de abril de 2017, o arranha-céu de 123 andares e 556 metros de altura superou o antigo detentor do título de maior prédio, o Ryugyong Hotel em Pyongyang, na Coreia do Norte. 

8- Museu Nacional da Coreia

Museu Nacional da Coreia
Crédito: HiSoUR

Localizado no parque da família Yongsan, na capital Seul, o Museu Nacional da Coreia, além de ser o principal do país, é um dos maiores e mais tecnológicos museus da Ásia e do mundo. 

Projetado para resistir a desastres naturais, como incêndios e terremotos, o ponto turístico coreano conta com vasto acervo de obras, relíquias e artefatos históricos da sociedade da região. 

O Museu é organizado em ambientes dedicados ao passado na ala leste e ao futuro na ala oeste, além disso, em cada um de seus 3 andares você poderá se maravilhar com obras e artefatos que datam desde o período paleolítico até os dias atuais, como pinturas tradicionais, esculturas em madeira, porcelana branca, além de ferramentas, trajes e armas utilizados pelos sul-coreanos ao longo dos séculos.

9- Haeundae

Praia de Haeundae
Crédito: Dreamstime

Bairro litorâneo do Busan, é conhecido pela sua grande baía de areias brancas e prédios modernos que se harmonizam com a sua beleza natural. A praia, também é banhada pelo mar do japão, é muito procurada por turistas por ser um local onde há diversas atividades e pontos turísticos, além de ser um excelente “pico de surf”. 

10- Templo de Bulguksa

Templo de Bulguksa
Crédito: Wikipédia

Localizado em Gyeongju, antiga capital do reino de Silla, o templo budista é considerado um dos principais pontos turísticos da Coreia do Sul. Com arquitetura e estética tradicional da região, esse monumento é considerado pela UNESCO como patrimônio da humanidade. 

Separado em três seções principais: Birojeon (O grande salão do Buda Vairocana), Daeungjeon (O salão da Grande iluminação e templo principal) e Geungnakjeon (O grande salão da felicidade suprema), hoje o templo de Bulguksa é apenas uma pequena parte do que um dia já foi, pois, o mesmo sofreu um enorme incêndio durante o período da invasão Japonesa, conhecido como a Guerra Imjin, que durou de 1592 a 1598 D.C. Reconstruído ao longo dos anos, o templo também é casa dos 7 tesouros nacionais da Coreia do Sul.

E aí, gostou da nossa lista de pontos turísticos da Coreia do Sul? Se você deseja saber mais sobre a cultura coreana, explore nosso blog e confira os novos posts!

31 comentários em “TOP 10 pontos turísticos da Coreia do Sul que você precisa conhecer!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.